sábado, 29 de abril de 2017

ninguem explica Deus

https://pregadorcalcajeans.blogspot.com.br/





Nada é igual ao Seu redor
Tudo se faz no Seu olhar
Todo o universo se formou no Seu falar
Teologia pra explicar ou big bang pra disfarçar
Pode alguém até duvidar
Sei que há um Deus a me guardar

E eu tão pequeno e frágil querendo Sua atenção
No silêncio encontro resposta certa então
Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus do crente ao ateu
Ninguém explica Deus

Nada é igual ao Seu redor
Tudo se faz no Seu olhar
Oh, o universo se formou no Seu falar
Teologia pra explicar ou big bang pra disfarçar
Pode alguém até duvidar
Sei que há um Deus a me guardar

E eu tão pequeno e frágil querendo Sua atenção
No silêncio encontro resposta certa então
Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus do Gentio ao Judeu
Ninguém explica Deus

Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
E se duvida ou se acredita
Ninguém explica
Ninguém explica Deus

Ninguém explica
Ninguém explica Deus
Ninguém explica
Ninguém explica Deus
E se duvida ou se acredita
Ninguém explica
Ninguém explica Deus

Dono de toda ciência, sabedoria e poder
Oh dá-me de beber da água da fonte da vida
Antes que o haja houvesse
Ele já era Deus
Se revelou ao seus do crente ao ateu
Ninguém explica Deus
Ninguém explica Deus
A imagem pode conter: oceano, texto, atividades ao ar livre, água e natureza

Pai, eu quero Te amar Tocar o Teu coração, E me derramar aos Teus pés

https://pregadorcalcajeans.blogspot.com.br/


Pai, eu quero Te amar
Tocar o Teu coração,
E me derramar aos Teus pés

Mais perto quero estar, Senhor
E Te adorar com tudo o que eu sou
E Te render glória e aleluia

Aleluia, aleluia
Aleluia, aleluia

Quando lutas vierem me derrubar
Firmado em Ti eu estarei
Pois Tu és o meu refúgio, ó Deus

E não importa onde estiver
No vale ou no monte, adorarei
A Ti eu canto glória e aleluia

Aleluia, aleluia
Aleluia, aleluia

Senhor, preciso do Teu olhar
Ouvir as batidas do Teu coração
Me esconder nos Teus braços, ó Pai

Toda minh'alma deseja a Ti
Junto com os anjos cantarei
Tu és santo, exaltado, aleluia!

Aleluia, aleluia
Aleluia, aleluia

A Ii, Senhor, ó todo Poderoso
Rendemos aleluia ao único digno a Ti, aleluia!

Aleluia, aleluia, aleluia
Aleluia, aleluia
A imagem pode conter: céu
A imagem pode conter: texto

EBD: Jacó, um exemplo de um caráter restaurado


Como está escrito: Amei Jacó e aborreci Esaú” Rm 9.13

O desvio de caráter é algo sério. Significa violar valores fundamentais que, uma vez não respeitados, põem em xeque o bem estar do outro. Essa afirmativa pode ser exemplificada a partir de dois exemplos.

Primeiramente, digamos que você entrega um valor monetário para uma pessoa, em tese de sua confiança, para depositá-lo numa conta mencionada por você. A pessoa diz que o depositou conforme solicitado. Mas passam os dias e o beneficiário informa que não o recebeu. Ora, por certo houve um problema eletrônico ou algo do tipo — pode-se pensar. Entretanto, a pessoa que você pediu para depositar o valor sabe que não houve problema algum, pois simplesmente ela o tomou para si.

Segundo, imagine um partido político uma vez no poder, que outrora pregava contra a corrupção, deliberadamente não obedece as leis fiscais, não se faz transparente, maquia a contabilidade no ano de eleições a fim de os adversários políticos e a sociedade não terem acesso às informações verdadeiras. Tudo em nome de uma causa que poucos conhecem a quem interessa. Desobedecer deliberadamente as leis a fim de esconder o próprio crime é a prova cabal do desvio de caráter. Portanto, algo muito sério!

Os casos mencionados, ambos exemplos da vida real, prejudicaram pessoas. O primeiro lesou duas: a que solicitou o depósito e a que teria de recebê-lo. Imagine o transtorno com atrasos, necessidades não atendidas e outras mais! O segundo caso lesou a nação inteira, pois trabalhadores perderam seus empregos, empresas faliram e a Economia quebrou. É impossível calcular as décadas de perda para essa nação. Demorará muito para ela se recuperar.

Na presente lição acerca do caráter de Jacó, tanto do ponto de vista individual quanto do coletivo, não podemos tratar o desvio de caráter como se fosse algo distante de nós. Invariavelmente, é possível o cristão comum se vê num contexto em que essa luta travada com a natureza humana se manifeste. Entretanto, devemos dar ênfase ao aspecto restaurador do caráter de Jacó, pois a história do patriarca mostra o quanto a natureza humana pode ser alterada a partir de um verdadeiro encontro com Deus. Um processo de metanoia se instala, isto é, há uma transformação radical no caráter, carregada de uma convicção profunda de arrependimento. Ora, em Cristo Jesus, todo ser humano pode ter esse encontro com o nosso eterno Senhor. Em Cristo, o caráter pode ser restaurado! Revista Ensinador Cristão nº70

Com base em sua presciência e propósitos, Deus escolhe pessoas para que cumpram seus desígnios.

Na lição deste domingo, estudaremos a respeito do caráter de Jacó. Ele nasceu agarrado ao calcanhar de seu irmão primogênito e recebeu o nome de “enganador”. Todavia, Deus em seus desígnios já o havia escolhido e revelado aos seus pais que o primogênito serviria ao caçula. Jacó fez jus ao seu nome ao comprar a primogenitura de seu irmão e ao mentir e enganar seu pai. Seu engano e mentira levaram-no para longe de casa e fez com que ele também fosse enganado por seu tio Labão. Mas Jacó teve um encontro com Deus e foi transformado por Ele. Todo encontro com Deus é transformador. Ninguém sai da presença do Pai da mesma maneira que entrou. Atualmente, muitos apenas ouviram falar a respeito de Deus, mas na verdade nunca tiveram um encontro real e pessoal com Ele. Somente Deus, o Criador, pode transformar o nosso verdadeiro “eu”.

SUBSÍDIO
JACÓ - Em hebraico, o nome ya‘aqob significa '‘apanhador de calcanhar", “malandro” ou “suplantador”. No sul da Arábia e na Etiópia, a palavra significa “que Deus proteja" e vem do verbo ‘aqaba, “guardar”, “cuidar'”, ou “proteger”. A raiz ‘aqab é uma palavra semita geral que ocorre nos nomes árabes pessoais, em inscrições acádias e aramaicas, assim como nos idiomas siríaco e palmireno. O substantivo que significa “calcanhar” ocorre em hebraico {‘aqeb), aramaico, siríaco, árabe, ugarítico e acádio. O nome de Jacó era, assim, um antigo membro da onomástica do Oriente ao invés de um nome unicamente bíblico.
JACO - O patriarca. O filho gêmeo mais novo de Isaque e Rebeca; mais tarde chamado de Israel. (Dicionário Bíblico Wiclyffe pg.1004)

bom dia !!!


o homem planeja o seu caminho,
mas o Senhor determina
os seus passos. 

bom dia!!!!! amigos!



e aguardo com esperança. 

sexta-feira, 28 de abril de 2017

FIGURA!!!